Trabalhos Aprovados no VII Encontro Paranaense de Psicologia Escolar e Educacional

Atenção participantes que tiveram os resumos aceitos para apresentação no VII Encontro Paranaense de Psicologia Escolar e Educacional, que ocorrerá de 18 a 20 de abril de 2018, na Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Clique aqui para conferir  a lista dos trabalhos aprovados e suas respectivas datas e horários para apresentação.

Anúncios
Publicado em Uncategorized

V Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão – ÚLTIMO DIA DE INSCRIÇÕES COM DESCONTO!

Participe do V Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão!

O Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira, composto por entidades da Psicologia, convida a todos para o V Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão.

O Congresso, que está se preparando para a sua 5ª edição, é:

– espaço para o diálogo da diversidade da Psicologia no Brasil;
– discutir propostas psicopedagógicas e a intervenção dos blogs na educação brasileira;
– lugar para o encontro da ciência e da profissão, que permite haver uma contribuição significativa na produção dos saberes e fazeres da Psicologia;
– momento importante no desenvolvimento da identidade dos psicólogos;
– possibilidade para que todas as questões, abordagens e construções da Psicologia se apresentem e possam ser divulgadas e debatidas;
– lugar do desenvolvimento do compromisso da Psicologia com as necessidades da sociedade brasileira.
NÃO DEIXE DE PARTICIPAR DO MAIOR ENCONTRO DA PSICOLOGIA BRASILEIRA!

ÚLTIMO DIA!!
Aproveite os preços promocionais para se inscrever no maior Congresso de psicologia do Brasil!

Maiores informações: http://www.cienciaeprofissao.com.br/

Publicado em Uncategorized

MANIFESTO DE REPÚDIO DO FÓRUM DAS ENTIDADES DA PSICOLOGIA BRASILEIRA PELO ASSASSINATO DA VEREADORA MARIELLE FRANCO

O Fórum das Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira solidariza-se a todos que defendem o estado de direito, a qualidade de vida, o fim da desigualdade social, racial, de gênero.

Que viva Marielle Franco entre nós!

Leia o Manifesto na íntegra
Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira – FENPB
Março de 2018

 

Publicado em Uncategorized

Entrega oficial do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos ocorrerá amanhã, dia 05 de abril!

No próximo dia 05 de abril às 17 horas no auditório da Secretaria de Justiça acontecerá a entrega oficial do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos, aprovado pelo CONDEPE, construído com a participação da sociedade civil, através de grupos de trabalho e 22 audiências públicas realizadas no Estado de São Paulo.
É um momento de conquista da sociedade civil, que em meio às perseguições e ataques aos Direitos Humanos ousa propor mudanças na política de promoção e educação em direitos humanos.29790016_1487881244655126_211254455447347321_n

Publicado em Uncategorized

ABRAPEE divulga Nota de Repúdio sobre a proposta do governo federal de Ensino Médio a Distância

A Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional – ABRAPEE vem a público manifestar seu repúdio pela nefasta proposta do governo federal de liberação de 40% do Ensino Médio a Distância.

Nosso posicionamento funda-se na luta por Educação de qualidade para todos os jovens brasileiros, considerando:

  • O inciso III do artigo 35 dos Parâmetros Curriculares Nacionais (2000) aponta que “O ensino médio, etapa final da educação básica, com duração mínima de três anos, terá como finalidades: o aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico.”É necessário questionar como este objetivo poderia se efetivar com aulas online, uma vez que aprimorar-se como pessoa humana implica necessariamente em contato, em convivência, em relacionamentos interpessoais reais, não na frente de um computador. Relações que possibilitem o aprendizado da solidariedade, da superação de preconceitos, do trato com a diversidade humana. Além disso, certamente aulas prontas transmitidas impedirão debates e questionamentos, fundamentais para o desenvolvimento dos jovens, pois é diante dos impasses e divergências que ocorrem no convívio diário nos espaços escolares concretos, que se promove formação ética e pensamento crítico.
  • Os dados sobre educação no Brasil têm revelado elevadas taxas de reprovação e evasão no ensino médio. Um levantamento do próprio governo federal sobre evasão escolar revela que 12,7% e 12,1% dos alunos matriculados na 1ª e 2ª série do ensino médio, respectivamente, abandonaram os estudos entre os anos de 2014 e 2015, de acordo com o Censo Escolar, enfatizando-se as maiores taxas nas escolas rurais. Como imaginar que num país com a extensão territorial e limitação no acesso à Internet, como o nosso, a solução estaria em aulas a distância? O Ensino Médio precisa sim mudar, mas por meio de alternativas que revigorem e fortaleçam os processos educacionais.
  • Fica evidente o interesse econômico, que sem dúvida implicará em maiscontenção de custos com a Educação, considerando-se a redução de professores, lógica que tem sido recorrente nas atuais políticas. Tal medida vem, mais uma vez, agravar e reduzir as condições de trabalho dos professores da rede pública, já tão depreciados. Evidentemente a implementação desta propositura ampliará ainda mais o sucateamento da educação para os estudantes das classes populares. Diante de dados revelados pela ONG Todos pela Educação,em 2015havia 511 escolas públicas de Ensino Médio sem água tratada e 8.215 não tinham esgoto sanitário público. Como imaginar que num país com a extensão territorial e limitação no acesso à Internet, como o nosso, a solução para o Ensino Médio estaria em aulas online?É completamente descabida e leviana a proposição de acesso tecnológico a todos os alunos brasileiros do Ensino Médio em um quadro educacional em que direitos básicos de acesso e de permanência sequer são atendidos!

 

  • Medidas incoerentes revelam o total desnorteamento das instâncias federais diante das proposições na área da Educação para o Ensino Médio, pois acaba de ser alardeado nas mídias o Ensino Médio Integral, proposta, aliás, que também revela sucateamento e aligeiramento da educação pública. Em seguida apresenta-se a ideia de 40% do curso à distância. Afinal cabe indagar: Integral ou a distância?

Assim, entendendo que, mais uma vez, esta proposta vem para sonegar direitos especialmente dos jovens das classes populares, ressaltamos nossa perplexidade e, como representantes da Psicologia Escolar brasileira nos posicionamos absolutamente contrários a esta proposta.

A Diretoria,

Gestão 2016-2018

Publicado em Uncategorized

VII Encontro Paranaense – Prazo Estendido para Inscrição de Trabalhos

Informamos que os prazos para inscrição de trabalhos foram alterados!

ATENÇÃO para as novas datas:

Início das inscrições de trabalhos: 15/02/2018

Término das inscrições de trabalhos: 26/03/2018

Resultado dos trabalhos aprovados: até 03/04/2018

Envio de textos completos dos trabalhos aprovados: até 17/04/2018

*Lembramos que a modalidade única de apresentação de trabalhos é PÔSTER.

Acesse aqui a PROGRAMAÇÃO do Encontro, bem como as NORMAS PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS.

Participe!

Publicado em Uncategorized

NÃO PODEMOS NOS CALAR

A ABRAPEE se soma aos professores da UFSCar e do IFSP-São Carlos no que diz respeito à morte de Marielle Franco! Diante disso, divulgamos a nota apresentada pelo ADUFSCar Sindicato. Marielle Presente!

Slide1

imagem anexada por ABRAPEE  – foto de Marielle Franco editada por Alex Frechette

 

“Enfrentar a violência não com a ponta do fuzil, mas com a ponta do lápis”

                                                                                                        Marielle Franco

Os professores da UFSCar e do IFSP-São Carlos se somam à indignação que toma conta do Brasil diante da crueldade inominável que pôs fim à vida da jovem vereadora carioca, militante dos direitos humanos e dos direitos das mulheres negras faveladas em especial, Marielle Franco. Trazemos nossos mais profundos sentimentos à sua família e às/aos suas(seus) companheiras(os) de vida e de luta.

Mas em um momento trágico como este não basta nossa solidariedade. Porque as balas que covardemente assassinaram Marielle tentam também matar o sonho de uma sociedade brasileira mais justa, com dignidade e cidadania para todas e todos, onde impere a civilidade e a paz. Com tristeza vemos a intolerância ser diariamente cultivada na mídia hegemônica, que termina por disseminar a crença de que violência se combate com violência. Mas, citando Marielle: “a violência nas favelas não se enfrenta com a ponta de um fuzil, mas com a ponta de um lápis”. Foi essa a mulher que mataram, cujo sonho era essencialmente o mesmo dos Anísios, Darcys, Freires, patronos da educação brasileira.

Isso atinge profundamente a nós, como educadores. Mas essa tragédia só será maior se tiver sido em vão. Por isso esta nota de luto é também um manifesto de todos nós, docentes universitários. Uma profissão de fé de que nossa missão continuará sendo cumprida, cultivando na Universidade os valores da razão e da cultura, da tolerância, civilidade e democracia. Por nossa vocação, mas também para honrar nossos mortos como Cancellier e Marielle, vítimas de um momento histórico em que o estado democrático de direito se desmancha no ar.

Nossa maior homenagem será provar que aquele sonho continua a ser construído. E que um dia prevalecerá.

Marielle vive.

ADUFSCar, Sindicato

Publicado em Uncategorized