Inovação em Educação – Dra Helena Singer – para o XII Conpe e 37 th Ispa Conference

 

A socióloga Helena Singer, autora do livro “A República das Crianças – sobre experiências escolares de resistência”, participou virtualmente do XII Conpe e 37 th Ispa Conference, ocorrido em junho de 2015, por meio de um vídeo muito interessante, cujas principais ideias publicamos aqui.

A socióloga Helena Singer, autora do livro “A República das Crianças – sobre experiências escolares de resistência”, participou virtualmente do XII Conpe e 37 th Ispa Conference, ocorrido em junho de 2015, por meio de um vídeo muito interessante, cujas principais ideias publicamos aqui.

Após parabenizar o evento de Psicologia, Helena Singer discorreu sobre a Mesa cujo tema central foi “Educação hoje – Possibilidades de transformar o modelo educacional vigente” apresentado no evento.

A socióloga comentou sobre a visão que o MEC propõe para a inovação da Educação no Brasile resumiu em três tarefas que precisam serconcretizadas: tarefa Quantitativa,tarefa Qualitativa e tarefa Criativa.Essa inovação vem propor a transformação no universo educacional, ou seja, é preciso“inventar uma escola nova para um tempo novo”, diz Helena.

Mas por que o MEC quer essa inovação? Porque o século XXI é diferente, está à frente dos outros séculos. A revolução nos meios de comunicação faz com que alunos naveguem pelo conhecimento e não pelos livros históricos e didáticos. A educação não pode ficar fora disso. Hoje em dia crianças buscam no meio virtual as respostas para suas dúvidas e os questionamentos aos professores vão muito além do que está escrito nos livros. Por isso o MEC busca um novo modelo educacional.

Para essa mudança o Ministério da Educação esquematizou alguns aspectos que caracterizam esse novo modelo:

  1. Novas Tecnologias para que haja reconhecimento por parte das Instituições de ensino quanto ao aluno não querer decorar, mas inovar o conhecimento;
  2. Conexão da Escolacom Agentes Territoriais para inclusão de uma conexão do ambiente “Escola” com Associações de Moradores de Bairro, Conselho Tutelar, Posto de Saúde, etc, para garantir o desenvolvimento do aluno fora do ambiente escolar;
  3. Educação não só para garantir aprendizado dos conteúdos acadêmicos ou desenvolvimento intelectual, mas uma Educação para garantir desenvolvimento integral ético, afetivo e corporal;
  4. Gestão participativa na Instituição para abertura de espaço para a gestão e para o desenvolvimento em conjunto do projeto pedagógico entre estudantes, educadores, pais, comunidade;
  5. Ambiente Escolar Acolhedor ensinando os alunos a lidar com conflitos de maneira construtiva, acolhimento a todas as pessoas e criando espaço para que o conflito gere oportunidade de aprendizado para que todo o ambiente se torne acolhedor;
  6. Garantia que haja aprendizadode acordo com habilidades e ritmos de cada estudante, levando em consideração a “Personalização do Ensino” para que cada um desenvolva seu currículo no que desejar, no que mais lhe despertar.

Por fim Helena Singer propõe um novo paradigma educacional, uma nova forma de educar nas diversas Instituições de Ensino pelo avanço das tecnologiasno mundo atual, moderno e comunicativo. Contarão com o apoio do MEC quem desejar seguir esse novo processo de educação.

Confira no link abaixo o vídeo na íntegra de Helena Singer.

https://www.youtube.com/watch?v=3aOo1BLgCPc

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.